“Dias das Virgens Negras”

A Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe (Raposeira /Vila do Bispo) acolhe o projeto “Dias das Virgens Negras”.

Trata-se de uma homenagem artística às Virgens Negras no Mundo, particularmente a Virgem de Guadalupe e a Virgem de Montserrat e integra uma série de eventos, nomeadamente workshops de artes plásticas, cânticos e movimento, culminando no dia 16 de Junho, com um concerto encenado sobre o códice medieval El Libre Vermell de Monserrat.

A primeira actividade irá acontecer já no próximo dia 2 de junho, das 16 h às 18h30 e consiste numa oficina de desenho orientada por Mara Taquelim.

A oficina trabalhará in situ a tradição do culto à Virgem de Guadalupe no local histórico da capela, procurando contudo uma abordagem lúdica e plástica. A atividade será aberta ao público em geral e destina-se a quem não tenha receio de manchar as mãos com carvão. Irá ser também utilizada a colagem de tecidos acabados de chegar de África. O resultado da oficina será exposto no fim da sessão, mantendo-se durante 2 semanas na ermida até ao final do projeto “Os Dias das Virgens Negras”.

A oficina é gratuita e está sujeita a inscrição: associacaoocorvoearaposa@gmail.com ou telm. 914016037

Dias das Virgens Negras é uma iniciativa integrada no programa DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural que este ano tem como tema central “Património, que Futuro?” e resulta de uma parceria entre a Direção Regional de Cultura do Algarve e a “O Corvo e a Raposa Associação Cultural” e está integrado no Ano Europeu do Património Cultural 2018.

 

Próximos eventos “Dias das Virgens Negras”:

9 de junho 16h00 -18h30

15 de junho 16h00 -18h30

Virgem Negra de Montserrat | El Libre Vermell de Monserrat

Oficinas de Cânticos por Carme Mampel

16 de junho 10h30-13h00

Virgem Negra de Montserrat | El Libre Vermell de Monserrat

Oficina de Movimento por Catarina Costa E Silva

16 de junho 19h00

Virgem Negra de Montserrat | El Libre Vermell de Monserrat

Espetáculo final

Concerto Coro Internacional de Aljezur convida Catarina Costa e Silva (encenação e voz), Daniela Tomaz (flautas e adufe), Joana Godinho (voz e saltério). Participação especial de Xavier Pagès i Torroja, barítono, Maestro Coral Ars Nova de Martorell (Catalunha) e Fundador do grupo de música antiga “Cum Cantico”.