Futurália CULT | Futurália, dedica grande hall da Feira Internacional de Lisboa ao Ano Europeu do Património Cultural

A União Europeia ao designar 2018 como o Ano Europeu do Património Cultural, reafirma a importância fundamental da cultura europeia, enquanto fator de identidade, de pertença a um espaço, que se pretende inclusivo, aberto ao Mundo, mas capaz de se interrogar sobre os seus desenvolvimentos.

Em 2018 a Futurália, em colaboração com os parceiros referidos, decidiu dedicar o Grande Hall da Feira Internacional de Lisboa, ao Ano Europeu do Património Cultural – Futurália CULT.

Pretende-se assim, em acesso livre, celebrar a diversidade cultural da UE, visando:

  • Desencadear o interesse dos estudantes pelo património local, nacional e europeu, promovendo um maior conhecimento da História e despertando uma consciência cívica e patrimonial, designadamente propondo iniciativas que contribuam para esse desígnio;
  • Criar uma dinâmica regional, de rede, envolvendo estabelecimentos do Ensino Secundário, Profissional e Superior de diferentes regiões do país;
  • Partilhar as experiências e as aprendizagens adquiridas, formais e não formais, num diálogo abrangente e intergeracional.

Atividades

Um espaço interativo, #NósSomosPatrimónio, em que todos os visitantes serão convidados a vivenciar, a participar, em múltiplas atividades – exposições de artes plásticas, performativas, vídeos, apresentações e aplicações digitais, e outros desafios… – criados, sobretudo, por alunos do Ensino Superior de diferentes regiões do país.

Parceiros / Eventos emblemáticos:

Instituto Politécnico de Leiria
Instituto Politécnico de Lisboa
Instituto Politécnico de Tomar

Rede Nacional dos Clubes Europeus

Restart
Universidade do Algarve
Universidade de Évora

Universidade de Valores

Instituto Politécnico de Leiria

  • Rota do Pó #nossomospatrimónio – Conclusões da apresentação e debate sobre o filme “Rota do Pó”, de Pedro Koch e Nuno Braumann, com um retrato histórico sobre a cerâmica (ESAD.CR/IPLeiria)
  • Ilustra a Palavra – Exposição resultante de um workshop que lançou o desafio de usar as palavras como ponto de partida para a exploração plástica (ESAD.CR/IPLeiria)
  • NÓSpatrimónioNÓS – A partir da noção de Património Europeu (Países, figuras de destaque, edificações, contos) e o mote dado pela hashtag #nossomospatrimonio, alunos desenvolvem trabalho gráfico/plástico, resultando num conjunto de posters e leporellos (ESAD.CR/IPLeiria)
  • Entre Cidades – Mapear o Património Arquitetónico com o intuito de promover e de dar a conhecer o nosso País, de descrever os costumes através de técnicas de impressão manuais de Gravura e Serigrafia.

 

Instituto Politécnico de Lisboa

  • Instalação multimédia MOSAIC #NósSomosPatrimónio – Um work in progress tendo por base o sentido plural do conceito de património cultural (ESE)

Instituto Politécnico de Tomar

  • Valores e ética – O Património dos Valores nas Organizações – workshop sobre a importância dos valores e da ética nas organizações portuguesas e nas do espaço europeu (ESG)
  • Cuscarias – Valorizar o Património Local e Partilhar Vivências – plataforma digital, onde é possível obter informação sobre lugares, monumentos, espaços comerciais e institucionais e partilhar experiências neles vivenciadas (ESTA)
  • A floresta de ruídos (vídeo) – Uma orquestra filarmónica que arrisca tudo. A coreógrafa Vera Mantero e o compositor António Pedro transformaram os músicos, os seus gestos e as suas rotinas (ESTA)
  • Uma vontade que nunca acaba (vídeo) – Um retrato sobre Marta Nunes, arquiteta e ilustradora que mostra o seu trabalho, bem como as suas inspirações e processo criativo (ESTA)
  • Sodad (vídeo) – Tenta contar o que é a saudade nas vivências de Naomi, uma jovem cabo verdiana que largou a família para estudar em Portugal (ESTA)
  • Delfim Maya – A (re)descoberta de um escultor Português em prol do Património Mundial (ESTT)
  • Charolinha – Estudo e Intervenção de Conservação e Restauro –o contributo para recuperar o valor artístico, cultural e histórico (ESTT)

 

Rede Nacional de Clubes Europeus (RNCE)

  • Entrega do Prémio “Por uma Europa de Valores” – Ano letivo de 2016/2017

 

Restart

  • Entre Folhos – Apoio e divulgação às artes e aos artistas e criadores no interior do país. O documentário consiste numa visita guiada pela exposição de peças de cerâmica contemporânea, narrado na voz das próprias criadoras, Ana Cruz e Maria de Betânia.

Universidade do Algarve

  • Acessibilidade e inclusão no património cultural – Os espaços de património cultural apresentam diversas dificuldades de acesso a pessoas com mobilidade reduzida, pelo que se torna necessário a criação de soluções técnicas inclusivas (ESS)
  • Valorização do Património Cultural / Guias (Re)Descobrir: Algarve Medieval – A valorização social dos conjuntos patrimoniais não é um facto natural e depende por norma da educação do olhar dos visitantes, que muitas vezes olham sem ver…. pelo que a construção de um pequeno itinerário pode ser uma mais-valia na valorização de espaços históricos do passado (FCHS)